Sobre o PPGA UFC-UNILAB

O Programa Associado de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro- Brasileira (UNILAB) visa formar pesquisadores e docentes de alto nível, capazes de gerar conhecimento antropológico em sintonia com as demandas sociais e o debate contemporâneo nas ciências sociais e na antropologia, em particular, com os seguintes objetivos específicos:

  • Formação profissional no campo da qualificação docente;
  • Formação de pesquisadores a partir de uma perspectiva interdisciplinar e crítica que oriente a elaboração e execução de projetos de pesquisa cujo conhecimento resultante seja disseminado por meio das atividades de ensino, pesquisa e extensão, de modo a se fortalecer o próprio Programa e a garantir inserção e incremento da qualidade da graduação e, consequentemente, melhoria do ensino básico;
  • Formação de profissionais que atuem no âmbito das instituições de ensino públicas e privadas, institutos de pesquisa e outras instituições governamentais e não governamentais onde haja demanda pela formação antropológica;
  • Produção e sistematização de conhecimento antropológico que contribua para a reflexão e atuação em âmbito local, regional e internacional, potencializando conjuntamente os recursos e estruturas institucionais existentes no âmbito da UFC e da UNILAB.

O Programa, voltado para o fortalecimento e ampliação da eficácia e alcance do conhecimento antropológico, no sentido de atender às demandas regionais relativas à distintas esferas do mundo social (saúde, educação, meio ambiente, mediação de conflitos étnicos, politicas sexuais, de gênero e de geração, patrimônio, imagem, memória e gestão de políticas públicas), pretende capacitar profissionais capazes de responder, de forma ética e responsável, às problemáticas do presente, alargando o horizonte teórico e prático da disciplina no estado do Ceará e na região. O curso pretende assim cobrir campos clássicos e contemporâneos da disciplina, com ênfase em duas linhas de pesquisas: “Narrativas, memória e simbolismo” e “Diferença, poder e epistemologias”. Essas linhas de pesquisas permitem contemplar a demanda localizada no estado, nas esferas do ensino, pesquisa e extensão.

A proposta de uma iniciativa interinstitucional de criação de um Programa de Pós-graduação em Antropologia nasceu do esforço conjunto de docentes de duas universidades locais, a UFC e a UNILAB, que possuem interesses de pesquisa e de atuação convergentes. Se o desejo de constituição de um PPG em antropologia sempre foi presente, por parte dos docentes do Departamento de Ciências Sociais da UFC, criado nos idos de 1966 (pós extinção do Instituto de Antropologia e quando ainda era denominado de Departamento de Ciências Sociais e Filosofia), o encontro e as afinidades de interesses com os/as colegas da recém-criada e transnacional UNILAB veio reforçar o ímpeto colaborativo em torno da realização de um empreendimento imprescindível para o estado do Ceará.

O traçado transnacional de ambas as universidades compõe uma das marcas distintivas de nosso PPGA. O corpo docente de ambas as universidades, cônscio de seu potencial de internacionalização e intercâmbio de conhecimento, é proveniente de várias regiões do Brasil e exterior, unidos pelo princípio de reconhecimento e respeito à diversidade étnico-racial, religiosa, cultural e de gênero. Se, por um lado, a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB) se orienta para o ensino e produção de conhecimento em um constante diálogo com os países africanos parceiros, bem como o Timor-Leste, por outro, a Universidade Federal do Ceará (UFC), ao longo dos seus 62 anos de existência possibilitou um intenso intercâmbio com antropólogos de outras nacionalidades.